domingo, 17 de julho de 2011

É o momento...

Nasci lusitana. Morrei lusitana.

Desde de 1983, ano em que nasci, visto a camisa rubro-verde.

Vi momentos bons e ruins da Lusa. Nunca deixei de vestir a camisa. Em algumas fases torci mais, outras fui mais fanática, já deixei de fazer muita coisa importante para ir no jogo da Lusa e algumas só acompanhei o resultado pelo radinho, mas jamais deixei de torcer. Em altos ou baixos, jamais deixei a Portuguesa de lado.

Por mais de uma vez passei o réveillon com a camisa da Lusa e com o pensamento: O ano que vai entrar será da Portuguesa. O último réveillon foi assim e parece que está dando certo. Meu foco sempre foi o retorno para a Série A.

A década de 90 foi a que mais me prendeu a Lusa, a que mais me apaixonei e a que mais vesti a camisa rubro-verde. Foi em 1996 que vivi um dos maiores pesadelos pessoais e eu me prendi por inteiro na Lusa para esquecer os problemas. Nessa época, eu era apenas uma adolescente sem compromisso com a vida e quem pagava meus ingressos era o meu pai. E nessa época, meu pai era mais fanático que eu e mesmo assim fui no jogo contra o Cruzeiro, no Morumbi e ele não... Contra o Atlético MG e o Grêmio ele me fez companhia.

Mais de 15 anos depois, minha vida é bem diferente daquela de 96, a responsabilidade é outra, os objetivos são outros e os problemas são diferentes. Ah... Agora  quem paga o ingresso sou eu! Mas o sabe aquele orgulho de ser Lusa de 1996? É ainda maior hoje.

Acho que desde daquela época eu não via um momento tão positivo em relação a Portuguesa. Desde dos finais dos anos 90 eu não vestia tanto a camisa da Lusa, como hoje.

Não quero me precipitar, mas esse é o momento!

Temos uma ótima campanha, um dos times mais competitivos dos últimos tempos e o orgulho de ver o time na liderança.

Esse é o momento de tirar a camisa do armário e vestir de segunda a segunda. E podem acreditar  eu  faço isso para ir no serviço, no cinema, na academia, no shopping, na praia, etc...

Esse é o momento também de aparecer no Canindé gritar pela Lusa. Talvez seja até o momento de virar a faixa dos Leões, não é?

Esse é o momento de entrar nas conversas sobre futebol e ter orgulho de falar do gol de letra do Ivo, do futuro jogador da seleção Guilherme, do gols do Edno, etc...

Esse é o momento de nos orgulharmos ainda mais, temos as camisas mais lindas do Brasil e ficam ainda mais bonitas quando conquistamos a vitória.

Esse é o melhor momento da Lusa e a torcida tem que vestir a camisa e acreditar. A torcida tem que fazer seu papel, tem que apoiar.

É também o momento de pegar a bandeira rubro-verde e colocar na frente da casa e matar os vizinhos de inveja.

É o momento de soltar rojões, colocar a bandeira no carro, convidar o vizinho para assistir um jogo no Canindé, chamar a família para ver os jogos e independente do que aconteça: Torcer.

E se perder? Nada de baixar a cabeça... No próximo jogo vencemos! O meu pensamento nunca foi tão positivo como agora. Nunca acreditei tanto em um time como hoje...

Esse é o momento da Portuguesa. Esse é o momento dos lusitanos. O momento é nosso! Vamos aproveitar, o momento é único.
07_11_24_Lusa 057

6 comentários:

luiz morais disse...

Parabéns pelo post o momento é este mesmo e devemos mostrar nossas camisas com muito orgulho.
Este é o momento
Luiz

Igor sausmikat disse...

e tem que ser assim,mesmo tendo jogadores que vc não gosta ou até aqueles que vc gosta representando a camiseta da equipe.A Fase é boa,mas sempre com calma,mas calma sem perder a torcida sempre.
Tem que ser assim mesmo Michelle!
Abraço
Igor
meu blog de esportes: http://igoresportes.blogspot.com/ e no twitter @blogdoigor05

Saulo disse...

É um bom momento da Lusa e tem q aproveitar bem. É preciso ter cuidado, mas a Lusa tem condições de subir para a elite. Tem um dos melhores times na Série B.

Carlos Alberto disse...

É isso mesmo Michele!

Eu sou mais velho que você e te digo que tambem ja sofri muito e muito mesmo pela LUSA e que tambem já fiz inumeras loucuras pela LUSA.
E sempre o Amor pela Lusa falou mais alto.Sempre

E esse time está conseguindo nos trazer uma coisa que estava muito esquecida em nosso time: CONFIANÇA.

Hoje assistimos aos jogos com a certeza de ver muita luta em campo, ver raça, vontade.

Como bem dito se perder (como contra o Asa) tudo bem ganhamos na proxima; temos um time focado.

E nao esqueçamos que o principal "culpado" por isso é o Jorginho...que está implantando uma visao de time granda na nossa GRANDIOSSIMA LUSA.

As minhas camisas, da minha esposa e do meu guri de 03 anos já estão em uso.

E se Deus quiser no final do ano estaremos na série A com outra festa igual a daquele dia maravilhoso contra o Criciuma em 2007.

Valeu Michele !!!
Viva a Nossa LUSA
Carlos

http://blogeternamentelusa.blogspot.com/

Burgos disse...

Escreveu, como sempre, com propriedade!
Nosso manto nunca pode ser deixado de lado e ainda mais agora...rsrsrs......sempre que posso estou com alguma de minhas várias (mais de 50 )camisas da nossa PORTUGUESA!!!
Depois da BOA atuação contra o BOA, vamos para a VITÓRIA contra o VITÓRIA!
Abraços.
Ricardo Burgos.

j alex atibaia disse...

torcer para a Lusa não é para qualquer um, é só para os escolhidos.