quarta-feira, 26 de agosto de 2009

O amor pela Lusa não é medido pelo calibre da arma, mas pelo tamanho do tombo...

Quando tombos você já levou por causa da Lusa?

Um exemplo, o colega de Twitter Alessandro Temperini (@alep), levou um tombo histórico no Canindé e ganhou placas e pinos no braço.

Uma vez, na ansiedade de comprar os ingressos, saí do carro, meu pai não viu, passou o carro no meu pé, fui para o jogo, pulei e cantei com os Leões, vi a Lusa ganhar e depois fui para o hospital....

Quantas vezes você já saiu mais cedo do serviço para ir no jogo?

Quantas aulas já cabulou?

Quantas provas deixou de estudar para ver a Lusa?

Quantas chuvas, tempestades, frio você já pegou para ver a Lusa?

Quanto vezes você saiu do Canindé, ou de qualquer outro estádio puto da vida por causa da Lusa?

Quantas vezes você já chorou pela Lusa?

Quantas televisões você já chutou?

Quantos radinhos você atirou na parede?

Quantas camisas você tem?

Quantas vezes você discutiu por causa da Lusa?


Quantas noites sem dormir? (Ontem, foi só mais uma)

Quantas piadas você já ouviu?

Quantos vezes você disse: Não posso, tem jogo da Lusa!

Quantos Castrilli´s você teve vontade de bater?

Quantos sonhos perdidos?

Quantas promessas falsas dizendo que nunca mais volta para o Canindé?

Todo campeonato é uma grande esperança, não é?


Esse é o ano da Lusa e se não for, o ano que vem será...

Essas são só algumas perguntas que as respostas resumiriam a história de vários torcedores da Portuguesa. Não me lembro o primeiro jogo que fui, mas lembro de vários, com chuva, sol, neve eu estava lá. Com prova, trabalhos e sem dinheiro, eu estava lá.

Nunca me arrependi de perder festas, amigos, provas, para ir no Canindé. Ganhei gripe, dores de cabeça, noites intermináveis, choros, decepções, hematomas, mas continuei torcendo para Lusa e cada vez mais apaixonada.

A Portuguesa é um time apaixonante, só quem é torcedor da Lusa sabe o que é vestir o manto rubro-verde e ir para o Canindé! Torcida fiel é a nossa, que está torcendo sempre, sem títulos, sem grandes jogadores, sem um departamento de futebol, sem esperança... Mas temos uma história, uma história bonita, que meu avô contou para meu pai, a história aumentou, meu pai contou pra mim e a história continuará e eu contarei para meus filhos...

Acordei de cabeça quente, estou mais calma, mas extremamente decepcionada pelas notícias de que conselheiros armados entraram ou invadiram o Canindé para ameaçar jogadores da Portuguesa.

O fato tomou uma repercussão tão grande que está em todos os canais, jornais, rádios, portais, Twitter, Orkut, etc... O assunto pautou todas as mídias.

O assunto é caso de polícia! O Clube deve ser punido, em hipótese alguma, NINGUÉM, deve entrar ou invadir um vestiário armado. Tenho pânico de arma de fogo, só quem teve uma arma na cabeça sabe descrever esse sentimento.

Mas também acho que houve um certo exagero da mídia. Exagero ou não...

Isso mancha a história que vou contar para meus filhos, mas vou continuar torcendo para a Lusa, sei que muitos tombos virão, vou cair mais vezes, vou me decepcionar, mas tenho esperança...

O clube precisa profissionalizar o departamento de futebol porque do jeito que está, caminhamos para o fracasso e decadência....

De momento, não volto para o Canindé tão cedo, mas vou torcer, chorar e gritar a cada gol, a cada ponto e a cada troca de treinador.

Estar na série A significa estar na elite, entre os times “grandes”, mas nenhum é maior do que a Lusa, pelo menos pra mim, série A, série B, série C... Serei sempre Lusa!!!

Bom, estou pronta para um próximo tombo, mas não partam para a violência, isso é ridículo, é chegar muito próximo ao fundo do poço.

Benazzi: Boa sorte! Sucesso e paz... E a Lusa segue caminhando e eu também...

8 comentários:

marcelo a. disse...

"A Portuguesa é um time apaixonante, só quem é torcedor da Lusa sabe o que é vestir o manto rubro-verde e ir para o Canindé! Torcida fiel é a nossa, que está torcendo sempre, sem títulos, sem grandes jogadores, sem um departamento de futebol, sem esperança..."
assino embaixo!

J J disse...

Lindo texto, linda paixão.

Até eu que sou São Paulino já fui em alguns jogos da Lusa no Canindé. Afinal, é a Lusinha oras!! A Gente tem que prestigiar e torcer por ela... ^^

Espero que consigam superar esse fato lamentável da última noite e retomem o caminho das vitórias rumo a Série A.

Abraços!

Julio Oliveira Poio disse...

ontem fiquei tão triste que pensei em não assistir mais jogos da Portuguesa realmente estava decidido e após ler o seu texto fiquei um pouco mais calmo e conformado e tenho certeza que subiremos este ano.

Renato Pereira disse...

muito legal! quem nunca fez uma loucura pela Lusa que atire a primeira, a segunda e a terceira pedra!!! sorte, benazzi!

Vagnão disse...

Vagnão
Ser um torcedor anônimo da Portuguesa é algo bem interessante. Frequento o Canindé religiosamente há mais de 30 anos e não tenho nenhuma ligação política com aqueles que se julgam "donos" da Portuguesa. Diretores, conselheiros, comendadores ou coisa que o valha. Também não faço parte daquilo que se chama torcida organizada, que assim como a turma anterior, também se acha dona do pedaço. Aquela que destila o seu ódio cego ao primeiro erro de qualquer atleta. O cara é contratado e no fim do primeiro jogo já estão pedindo para ele ir embora. Aliás, é o que mais se ouve no Canindé é "vai embora", "a Portuguesa não precisa de você". Talvez não precise mesmo. Estamos em agosto e este ano já vamos para o quinto técnico. Quem quer vir treinar a Lusa? O Canindé, que já foi um lugar muito agradável para torcer, para ver a Lusa jogar, hoje é algo sombrio. Não vou deixar de ir ao Canindé. Mas prefiro não me misturar. Sorte à Lusa

Marcos Gaspar Carvalho disse...

Parabéns pelo texto, tá com moral hein? Linkada e elogiada pelo Flávio Gomes no Twitter.
Lusa sempre!

Michelle disse...

Marcelo,
Um dia será diferente!! Afinal, temos que chegar em um lugar, um dia e que esse dia seja breve!

JJ,
Lusinha não, Lusa e Portuguesa..rss... Tem torcedor do São Paulo que vai mais em jogos da Lusa do que no Morumbi, a Lusa é mto mais emoção! rs

Julio,
Ainda não se acostumou com os altos de baixos da Lusa? Vamos subir, na última hora, no último minuto, com a última vaga... Prepare seu coração!

Renato,
Se juntar as melhores histórias sobre as "loucuras lusitanas" daria um bom livro! rs


Vagnão,
Também não tenho nenhum tipo de ligação com nada no Canindé, vou assisto o jogo, com pai, irmão, amigos, tomo uma cerveja e vou embora. O importante é ser torcedor, ninguém é mais torcedor que ninguém só porque pertence a banda A, B ou C...

Michelle disse...

Marcos,
Moral nada..rs... Todos os blogs da Lusa são bons, cada um tem a sua qualidade. Todos deveriam ser linkados por aí e ter um espaço no site da Lusa, afinal, representamos a torcida!