segunda-feira, 15 de julho de 2013

O futebol como ele é. Ou como deveria ser

É Portuguesa! É Portuguesa! E o jogo terminou 3 a 0. Sim, 3 a 0 para a Briosa diante do Grêmio Mauaense.

A Portuguesa Santista, a burrinha, a Portuguesa da baixada, a rubro-verde do litoral, a Briosa, chame como quiser, conseguiu a vitória que a Portuguesa, a minha Lusa, não conseguiu diante do Santos.

A Portuguesa, a Santista, briga por uma vaga para a próxima fase da Copa Paulista. A Portuguesa, de Desportos, pela permanência na primeira divisão do Brasileiro.

Não dá para fazer comparações. A realidade é outra. Um jogo no Ulrico Mursa é um universo totalmente diferente do que estamos acostumados no Canindé, Pacaembu, Morumbi, etc...

É o lado B do futebol. Lado que está ficando mais interessante do que o futebol modinha e coxinha presente na nossa realidade. O Ulrico Mursa cheirava sanduíche de linguiça e o cheiro era delicioso. Provavelmente a linguiça era de marca vagabunda e a chapa estava suja e engordurada, mas nada disso importava. O cheiro era bom demais. Tenho a certeza que os jogadores sentiram o cheiro ali no gramado e também ficaram com vontade do sanduíche de linguiça.

Diferente da Vila Belmiro que respirava um ar coxinha retrô. Um estádio antigo, reformado, cheio de camarotes, cadeiras numeradas, telão eletrônico, alto falante sem chiado e cachorro quente com salsicha Sadia. Tudo certinho demais. Com exceção da arquibancada de concreto dos visitantes e arquibancada mais barata da torcida deles. Estádio arrumadinho, mas sem muita visão de jogo no espaço reservado para a nossa torcida. Não dava para ver a trave que estava mais próxima da torcida da Lusa. Era preciso esticar a cabeça e não podia ficar na primeira fileira que era área da Polícia Militar. Já no Ulrico Mursa, a torcida ficou no alambrando discutindo com o técnico do time adversário e sentindo o cheiro da linguiça tostada na chapa suja.

Tenho a sensação que o futebol está ficando chato. Não pode beber no estádio, não pode levar bandeiras, não pode encostar no alambrado, não pode nada.  Estão querendo transformar o torcedor de estádio em um público de teatro.

E só falta banir o xingamento. Daqui a pouco vão proibir falar palavrões. Mas isso ainda pode e os 420 torcedores no Ulrico Mursa xingavam todo mundo. Jogador, juiz, técnico do time adversário, bandeirinha, etc.. Destaque para as três crianças que estavam ali na beira do gramado cantando "Ei, bandeirinha, sua mãe é uma galinha."

Crianças lindas e vestidas com a camisa da Briosa.

Já na Vila Belmiro, a distância entre arquibancada e gramado era pouca e o xingo sobrou para o reservas da Lusa, que aqueciam ali perto, e para o Corrêa toda vez que ia cobrar escanteio. E também rolou a clássica zoação entre as torcidas. O torcedor ainda é criativo e as provocações entre lusos e santistas estavam engraçadas. Muitas vezes me peguei prestando mais atenção na troca de elogios entre eles do que no jogo.

Lá no estádio da Briosa o jogo acabou em 3 a 0. Já na Vila Belmiro, a Lusa perdeu por 4 a 1 e eu te dou quatro motivos para a derrota: Não temos técnicos, Rogério é ruim, Luis Ricardo não jogou nada e não temos um finalizador.

Após os dois a zero do Santos, a Lusa até jogou bem, mas ela é deficiente na zaga e no ataque e assim fica difícil. Ninguém consegue fazer milagres, nem o Pimenta, que acha que é técnico e Deus. E o Santos, que também não é lá muito bom, aproveitou as falhas da Lusa e garantiu os três pontinhos da partida.

Já a Portuguesa...

Outro dia, o Pimenta disse que a torcida da Portuguesa não gostava de sexo, mas mandou a Lusa pra zona. Tô confusa!

Estamos na zona e o próximo jogo será contra o Goiás, na casa deles. A tendência é continuar na zona por um longo e terrível tempo.

Alguém, por favor, pode salvar a Portuguesa, mandar o Pimenta embora e comprar um sanduíche de linguiça pra mim?!

2 comentários:

Igor sausmikat disse...

2 jogos relatados...pareceu eu que vai a jogo e vê tudo!!
Aliás sempre quis ir a Ulrico Mursa, nunca fui..só passei por fora das vezes que fui a Santos!
Sobre o jogo da Lusa...tá feia a coisa e chega de Pimenta no elenco da Lusa, tá uma zona!!
Ótimo Post como sempre e eu q acreditava numa vitória....simplesmente perder assim pro Santos que não está tudo isso acabaram conseguindo, que fase!
beijo Michelle
Igor(@igorsausmikat)
meu blog de esportes: http://igoresportes.blogspot.com.br/ e no twitter o blog é o @blogdoigor05

Esequias Pierre Filho disse...

Confesso que é esse futebol que hoje me interessa, sem esquecer o amor e apego pelo meu Santa Cruz, que em alguns momentos é um misto de duas realidades distintas, desde do futebol mais romântico e alternativo, ao futebol dos últimos anos...e confesso ainda que esse futebol "arena-coxinha" mais "pós-moderno" não me interessa e não consigo enxergar o Santinha nele.