sexta-feira, 1 de maio de 2009

Por que choramos pela Lusa - Parte III

Campeonato Paulista de 1998, outra vez a Lusa estava na semifinais e disputava a vaga da final com o Corinthians. Eu estava no Morumbi com minha família e pude presenciar o maior roubo na história do futebol. Até hoje não consigo engolir aquele pênalti. Eu chorei, César (zagueiro) chorou, Alex chorou e toda torcida não conseguiu engolir o pênalti marcado pelo Castrilli, nos últimos minutos do jogo. Esse jogo foi o mais decepcionante da minha vida. Ver as imagens dos jogadores da Lusa chorando cortava o meu coraçãozinho tão apaixonado pela Lusa.



No mesmo ano, eu também chorei, mas dessa vez foi de rir! Foi lindo ver o time Lusitano vencer o São Paulo, por 7 a 2 em pleno Pacaembu, com direito a um golaço de Ricardo Lopes.



Depois a Portuguesa manteve times regulares, sem muitas surpresas. Em 1999 Zagallo era o técnico da equipe. Até 2002 a Lusa manteve um time água com açúcar, sem grandes novidades positivas e negativas. Em 2002 a Lusa caiu para a segunda divisão do Brasileiro, aí chorei de decepção, pela primeira vez na vida eu sentia o gostinho da derrota e fracasso.

A luta para retornar para a Primeira divisão não foi fácil, quando caiu para a série B do Paulista achei que meu time estava no fundo do poço. Perdi um pouco o pique de ir aos jogos, mas jamais deixei de gostar da Lusa.

Em 2007 muitas alegrias a Lusa retornou para a primeira divisão dos dois campeonatos, 2008 tinha tudo para ser excelente! Mas não foi bem assim, no Brasileiro levamos o campeonato aos trancos e barrancos e caímos. Mas 2009 é o ano para inovar, a Lusa montou um time bom para o Paulista, quase chegou a semifinais e agora se prepara para o Brasileiro e eu estou bastante confiante e na medida do possível pretendo ir em vários jogos da Lusa.

E encerra por aqui o texto de quantas vezes eu chorei por causa da Lusa! Espero chorar as próximas vezes de alegria!


Um comentário:

Lucizano disse...

Oi michelle, como corintiano que sou admito que realmente foi lamentável aquele pênalti.

Porém pra lembrar de coisas boas, eu estava lá no canindé na final da A2 contra o Rio Preto, 4 a 0 Lusa, estádio lotado.

Parabéns pelo blog

Abs