terça-feira, 31 de agosto de 2010

Qual é a dele?

Recebo em meu e-mail aproximadamente 20 newsletters diárias dos mais diferenciados assuntos. Desde de dicas de estéticas, descontos em restaurantes, horóscopo até chegar nas mais "interessantes" como Comunique-se, Portal Imprensa, Meio & Mensagem, etc...

Dia desses recebi um e-mail falando sobre uma palestra com o Tiago Leifert, olhei o horário, o local e minha agenda e resolvi me inscrever. Queria descobrir: Quem é esse Tiago, além do filho do diretor da Globo?

Descobri que o apresentador do Globo Esporte é um cara bacana, que fez uma palestra interessante, rapaz humilde, inteligente e com uma boa visão para a comunicação e entretenimento.

O rapaz estudou fora, cresceu dentro da Globo e disse ele que lutou muito para chegar onde está, o que deve ser verdade, porque existe toda aquela balela do “padrão Globo de qualidade” e para chegar onde ele chegou tem que ter muito mais talento do que sobrenome.

Desde de que ele assumiu o posto de diretor e apresentador do Globo Esporte a audiência subiu, por conta do novo formato deixando mais claro para o telespectador que esporte é entretenimento e não jornalismo.

Por ser um cara estudado e inteligente, é claro que ele não falaria mal da Globo e defendeu a postura da emissora. O apresentador disse com convicção que não houve pedido de exclusiva de Tadeu Schimdt, Alex Escobar e a CBF. Se ele não fosse comunicador, diria que isso foi um belo trabalho de media training, porque quase me convenceu, se não fosse o discurso seguinte.

Além de contar todo o currículo dele, algumas histórias sobre o GE, Central da Copa, ele também falou sobre os horários dos jogos. Essa parte me interessou muito, porque sou torcedora de arquibancada e fico indignado com os jogos às 21h50, não só do meu time, mas qualquer partida. Acho um desrespeito para o torcedor ter que esperar a novela acabar para assistir o jogo, passar frio, enfrentar a madruga e ficar sem o transporte público.

Questionado sobre o horário da transmissão dos jogos de futebol, Leifert deixou claro: “A Globo paga e paga muito caro pela transmissão, então tem o direito de passar os jogos às 22h”. E usou como argumento que aqueles que vão para o Morumbi, por exemplo, são 40 mil torcedores, e no sofá estão 900 mil telespectadores. Pensar em quem nessa hora? Na audiência, é claro.

Em entrevista para a Folha de S.Paulo, Galvão Bueno, também disse algo parecido sobre os direitos da Globo sobre o futebol: “Eu acho até que devia mandar mais. Porque ela paga as contas [a emissora compra dos clubes o direito de transmitir jogos]”.

A conclusão que chego é: Então se eu compro um carro que a velocidade máxima é 200 Km/h eu vou sair por aí desrespeitando todo os limites de velocidade só porque eu paguei pelo carro, pelos impostos, pela gasolina, etc.... Não, né?

Existem regras, que se a CBF e as Federações locais fossem mais severas e se não tivessem tanto esquema com a Globo poderia criar cláusulas proibindo os jogos às 22h da noite. Mas como em todo lugar a política é suja, isso jamais vai acontecer em relação a toda poderosa Globo. E a emissora continuará mandando e desmandando no futebol, transmitindo os jogos no horário que ela quiser e repassando as partidas que for mais conveniente para ela.

E quem sofre não é o torcedor do Corinthians e nem do Flamengo, ou qualquer outro time de massa. Quem sofre sou eu!

O ano passado a Globo transmitiu para o Rio de Janeiro, praticamente quase todos os jogos do Vasco pela série B. Esse ano sabe o que ela fez? Segundo o Silvio Luiz, a Rede TV,  não transmitiu Náutico X Portuguesa, porque a Globo não liberou. E a cidade de São Paulo ficou com a transmissão da partida entre Paraná X América-MG! A maior sacanagem!

Enquanto a Globo dominar no futebol, ela vai continuar favorecendo os grandes e deixando para escanteio os não tão grandes... E assim será por um bom tempo!

Ah, Tiago Leifert também disse que o Corinthians dá muita audiência e por isso, se você gosta de ver o Globo Esporte, verá matérias de 3 ou 4 minutos sobre a pança do Ronaldo e 10 segundos sobre a Portuguesa, mesmo quando ela fizer uma goleada história com gol até de goleiro....

Então galera, se você quer ver a Lusa na mídia, vá atrás dos blogs e da mídia alternativa, porque na Globo e na grande imprensa será difícil.

Ah, o que eu descobri sobre o Leifert? Que ele é baixinho, magro, muito mais branco do que eu imagina, simpático e inteligente. Deu uma cara nova para o Globo Esporte e merece todos os créditos!O rapaz é bacana e talentoso!

Um comentário:

Igor sausmikat disse...

Muitas coisas a falar sobre o post aqui.A primeira delas,no email da gente é impressionante como muitos descobrem e as vezes se manda coisas cheias de besteira hein?Mas também tem as coisas pertinentes claro.
A segunda delas é que o Kajuru dizia que o sonho da Globo era ter um Kajuru e aí colocam o Tiago Leifert para essas devidas proporções.
A terceira é que o Tiago Leifert se ele fala mal da globo ou algo assim,e alguém espalha isso,a globo no dia seguinte manda ele ir embora e tal.
A quarta é que você tem razão com relação a alguns clubes,alguns clubes não terão importância na Globo,no máximo em rádios e tudo mais.A Globo no globo esporte tá até preferindo as enganadoras declarações do Joel Santana(que pra eles são engraçadas demais)perante a algo do tipo.
A quinta diz sobre a Globo jogar a culpa na Federação e tudo mais,na verdade é que a Globo quer mais que o torcedor se dane,e a Federação também claro.FUTEBOL É NEGÓCIO Michelle!!!Futebol não é aquilo que o Globo esporte separa e mostra,não é só aquilo,mas também é a parte investigadora e tal.Porque após o Estatuto do torcedor ser lançado,a GLOBO nunca disse nada ou nunca nem chamou Paulo Castilho ou outros para esclarecer a lei que pra alguns anda ambígua demais hein,tipo o que mudou ou não hein?Só pra exemplificar.
E não duvido(não conheço ele pessoalmente)que Tiago Leifert é uma baita pessoa e tal,acompanho ele desde a época em que ele fazia entrevista no Sportv do Tênis,teve uma vez que perguntei algo assim pra ele(não sei se via Twitter ou Formspring)sobre se ele sentia falta das reportagens no tênis,aí ele dizia que sentia sim e ainda mais foi ali que ele aprendeu a gostar do Federer.Gosto do Tiago Leifert tb,ele deu aquele nível que o Globo Esporte precisa para ver,até porque eu queria muito ele fazendo Globo Esporte para todo o Brasil,enquanto todo o Brasil atura o "queridinho do Dunga" Alex Escobar(claro de forma irônica)ou a chata da Glenda,SP se dá super bem e vai com o competente Tiago Leifert.
E claro que o Tiago Leifert torceu e como toda a Globo torceu para que Mano fosse treinador da seleção,aí tudo voltaria ao normal(que não deveria ser)e os prestígios voltariam a Globo(até por isso toquei o dane-se pra seleção).
De resto,você disse tudo Michelle!
Beijos
Igor
meu blog: http://igoresportes.blogspot.com/ e no twitter: @blogdoigor05